Como aumentar minha libido depois da gravidez?

Como aumentar a libido depois da gravidezDepois da gravidez é muito comum ficar com libido em baixa. Os motivos são o desequilíbrio hormonal, preocupação com o bebê, noites mal dormidas, cansaço e baixa autoestima.

Na teoria pode voltar a ativa aos 40 dias após a gestação. Porem, na prática é totalmente diferente devido nós mulheres não sentir vontade de fazer sexo.

E por isso, muitas mulheres buscam tomar algum remédio para aumentar o prazer feminino o que deve ser tomado com um acompanhamento médico para não ter efeitos colaterais.

De acordo com uma recente pesquisa feita com mulheres brasileiras, uma em 10 espera seis meses ou mais para voltar a ter relações com o parceiro. Entre os motivos estão cansaço, dor e autoconsciência corporal.

Outro motivo que as mulheres acabam fugindo do contato sensual é a falta de lubrificação vaginal, isso porquê a amamentação deixa a vagina mais seca e sensível. Isso dificulta a relação sensual fazendo com que a mulher sinta dor no momento da penetração.

Por esse motivo é importante usar lubrificante íntimo e hidratante vaginal para deixar a vagina completamente lubrificada para a penetração.

Dicas para aumentar a libido

A dieta é uma importante aliada para aumentar a libido pós-parto.

Alguns nutrientes podem aumentar o desejo sexual e estimular as funções do corpo que são necessárias na hora do sexo.

O mineral zinco é um importante estimulante sexual, seu papel é ajudar o corpo produzir mais testosterona.

A testosterona é um hormônio presente em ambos os sexos, mas em maiores quantidades no sexo masculino. Níveis saudáveis desse hormônio no corpo feminino aumentam o desejo sexual e a fertilidade o que é muito importante no pós-parto.

A testosterona no corpo feminino também contribuem para a melhora física, pois esta tem influência no aumento da massa magra e também na redução dos níveis de gordura corporal, a redução do estresse, pois diminui os níveis do hormônio cortisol, melhora o humor, combate a fadiga e fortalece o sistema imunológico.

As principais fontes de zinco são: ostras, carnes bovinas, de frango, de porco, os peixes, queijos, leite, iogurtes, ovos, fígado, feijão, ervilhas, nozes, castanhas, aveia e repolho.

O consumo de vitaminas do complexo B também ajuda melhorar a vida sexual. A vitamina A, por exemplo, auxilia na produção dos hormônios responsáveis por essa função. Ela pode ser encontrada em alimentos como cenoura, ovo, espinafre, tomate, pimentão, batata-doce, manga e mamão.

A vitamina B12 é ótima para combater a impotência e funciona como um ótimo vasodilatador natural que aumenta a circulação sanguínea do corpo. Ela é encontrada principalmente no ovo, peixes, queijo e na carne vermelha.

A vitamina B6 é responsáveis pela infertilidade feminina e, permite que a mulher aproveite melhor o sexo. Essa vitamina é encontrada principalmente na cevada, leite, ovo e no melado.

Outro vasodilatador natural é a vitamina E. Seu consumo ajuda o corpo a jogar mais sangue para as partes íntimas fazendo aumentar o desejo sexual, a lubrificação vaginal e a fertilidade.